Federação  Cearense  de  Basketball

    FCB solicita ao STJD certidões narrativas de 3 processos encaminhados em dezembro do ano passado, via CBB, em que denuncia atos do Sr. Presidente da CBB, considerados ilegais.

                                                                                                       Fortaleza, 25 de junho de 2018

 

NOTA OFICIAL No 126/2018

PROGRAMAÇÃO DE JOGOS

Dia 30 junho  sábado           Ginásio do Círculo Militar

1330h  Ch A    jogo 29            Assunção               x   Ateneu/Gladiadores I      Série A1

1500h              jogo 38            Univida/Tabuleiro  x   Moradanovense              Série A1 Especial

 

Dia 01 julho   domingo        Ginásio do Colégio Militar                             

1000h  Ch A    jogo 30            Barra Sharks         x   Ateneu/Gladiadores I      Série A1    

1130h  Ch B    jogo 20            NBC II                  x   Ateneu/Gladiadores II     Série A1

1300h  Ch A   jogo 31            ABA Apuiarés       x   Sertões                           Série A1    

1430h  Ch B   jogo 21            CBA Apuiarés       x   Maracanã/Maracanaú     Série A1        

 

Dias 07 e 08 julho:  Não haverá jogos (recuperação do piso do Ginásio do Colégio Militar)

 

Alterações nas Regras que irão vigorar a partir de 01 out 2018

A Federação Internacional de Basketball (FIBA) realizou nos dias 06 e 07 de junho, em Mies, na Suíça, aprovando as alterações que se seguem:

  1. Artigo 36 - Falta Técnica

Nova regra: se uma falta técnica for marcada, um lance livre será concedido. Após o lance livre, o jogo será reiniciado pela equipe que controlava a bola ou tinha direito à bola do ponto em que a falta técnica foi marcada.

Razão para mudar: Para evitar uma situação de penalidade dupla após uma falta técnica ser marcada e garantir o equilíbrio entre a equipe com a bola ou sem a bola.

 

  1. Artigo 29 - 24 segundos

Regra emendada: 29.2.3  O cronômetro será “resetado” sempre que o jogo for interrompido por um oficial por uma falta ou violação cometida pela equipe no controle da bola.

      Nestas situações, a posse da bola será atribuída à equipe adversária que anteriormente tinha o controle da bola.    Então:

       -  Se a reposição for administrada na quadra de defesa, o relógio será reiniciado em 24 segundos.

       -  Se a reposição for administrada na quadra de ataque, o relógio será reposto para 14 segundos.

      Quando o cronômetro de jogo mostrar dois minutos ou menos no quarto período e na  prorrogação, depois de um tempo debitado pela equipe que tem direito à posse da bola em sua quadra de defesa, o técnico desse time tem o direito de decidir se a reposição subsequente será administrada na linha de reposição, do lado oposto à mesa de controle, na quadra de ataque da equipe ou na quadra de defesa da equipe.

       Se a reposição for administrada na linha de reposição, do lado oposto à mesa de controle na quadra de ataque da equipe, o cronômetro será reiniciado da seguinte forma:

  1. Se 14 segundos ou mais forem exibidos no relógio de tiro no momento em que o relógio de jogo foi parado, o relógio de posse de bola será reiniciado para 14 segundos.
  2. Se 13 segundos ou menos forem exibidos no relógio no momento em que o relógio de jogo foi parado, o relógio de posse de bola não será reiniciado, mas continuará a partir do momento em que foi parado.
  3. Se a reposição for administrada na quadra de defesa da equipe, o relógio será redefinido para novos 24 segundos ou continuará a partir do momento em que foi parado, conforme definido pelas regras.

      Razão para mudar: encurtar o tempo que a equipe ofensiva tem à sua disposição para um arremesso, uma vez que a equipe já esteja na quadra de ataque e                                 para permitir mais oportunidades para um arremesso de campo durante o jogo.

  1. Artigo 35 - Dupla falta

Nova regra: 35.1.1: uma falta dupla é uma situação na qual dois adversários cometem faltas pessoais, um contra o outro, aproximadamente ao mesmo tempo.

                     35.1.2: para considerar duas faltas como uma falta dupla, as seguintes condições serão requeridas:

                       - ambas as faltas são faltas de jogador; ambas envolvem contato físico;

                        - ambas são entre os dois oponentes ao mesmo tempo; e ambas têm a mesma penalidade.

  Razão para mudar: simplificar os princípios de regras na situação em que dois oponentes cometem faltas pessoais, um contra o outro, aproximadamente ao mesmo tempo.

  1.   Artigo 39 – Briga

Nova regra: 39.3.1: independentemente do número de membros do banco da equipe desclassificado por deixar a sua área de banco, uma única falta técnica ('B') será marcada contra o técnico. Todo o pessoal da suplência que, depois de deixar a área de banco, estiver ativamente envolvido em uma briga será desqualificado de acordo com os respectivos artigos (falta desqualificante 'D').

   Razão para mudar: penalizar os membros do banco da equipe por deixarem a área de banco da equipe durante a luta na quadra de forma diferente (estejam ou não envolvidos ativamente na briga).

Adelson Leite Julião

Presidente




Adelson Leite Julião

Presidente

Versão para impressão