1 

FEDERAÇÃO CEARENSE  DE  BASKETBALL

                                                       

                                                                                        RELATÓRIO DAS  ATIVIDADES  DESENVOLVIDAS  EM  2019

 

 

   LUTO DESDE AGOSTO DE 2017

 

 

01.  FATOS RELEVANTES  OCORRIDOS  NO  EXERCÍCIO  

a. Neste ano de 2019, ocorreu nova repetição do passado pois os recursos que patrocinaram a Confederação Brasileira de Basketball – CBB não beneficiaram a FCB, como seria desejado, e esse fato contribuiu enormemente para manter/aumentar as dificuldades da vida administrativa e operacional da FCB e para a própria história do basquetebol do Ceará, face à carência de recursos financeiros. Mesmo assim, sem a ajuda esperada da CBB que não nos repassou nada, nem um centavo, envidamos esforços no sentido de cumprir a programação constante do calendário de 2019, a despeito também das enormes dificuldades que enfrentamos no dia a dia. A gestão CBB instalada em 10 de março de 2017, comprometida com outras servidões, sequer interessou-se pelo tema, não ouvindo a FCB filiada em suas necessidades, “esquecendo” por completo as sua existência.

 

b. A competição do basquetebol do interior cearense não foi realizada dada a falta de apoio a todas as agremiações. A quase totalidade das cidades participantes deixaram de receber ajudas das Prefeituras interioranas, o que contribuiu para que as equipes não saldassem as suas  pendências para com a FCB. Esta, sem recursos, não encontrou outro suporte financeiro para bancar as despesas

 

c. O calendário esportivo de 2019 foi prejudicado por vários fatores, incluindo aqui a falta de recursos e a inexistência de quadras para as competições. O uso do Ginásio Paulo Sarasate da Prefeitura Municipal de Fortaleza continua sendo proibitivo devido às taxas que a administração municipal cobra enquanto temos que custear parte de sua manutenção e arcar também com pagamento ao chamado quadro-móvel, com o que não concordamos.

 

d. Mais uma vez reafirmamos que a participação da filiada Associação de Basquete Cearense-ABC na Liga Nacional de Basquete-LNB 2018/2019 com patrocínio público e privado, não trouxe nenhum benefício ao fomento do basquetebol amador no Estado enquanto se manteve indiferente ao que ocorre no Ceará, mesmo com as exposições nos diversos segmentos da mídia. A equipe ABC manteve-se focada para as suas participações na LNB e, em nenhum momento, houve interesse da filiada em se  manifestar em auxilio ao  basquetebol amador do Ceará, embora gozando da simpatia de personalidades importantes na tomada de decisão governamental.                                                                                                        

 

                                                                                                                                           2                                                 

            Na verdade, a equipe adulta ABC é formada por jogadores que recebem vantagens pecuniárias embora não exista o contrato de trabalho desportivo firmado, como está na Lei 9.615/98, não caracterizando oficialmente a atividade profissional da associação na LNB. No momento, existe uma desarmonia, uma discórdia entre os que fazem a associação ABC e o segmento amador do basquetebol do Ceará, este marginalizado de qualquer espécie de ajuda pública (até indiretamente via triangulações permitidas) dada a ação que tramita na Justiça Federal desde 1997 quando ocorreu ilegalmente a inscrição da FCB na Dívida Ativa da União (sem qualquer defesa administrativa anterior).

 

            O míope entendimento da filiada, que se isola, deu margem à existência de uma cizânia no basquete amador do Ceará quando a entidade de administração (FCB) é vista com um obstáculo aos seus interesses, segundo imaginamos. A existência da ABC nada mais era do que um projeto particular de terceiro (s) que desembarcou (aram) no Ceará visando benefícios próprios, projeto esse já abandonado pelo “grupo” que aqui desembarcou. Frise-se, no entanto, que a filiada ABC (agora sob administração local) tem procurado uma maior aproximação com a FCB, o que seria um desejo de reparar o ocorrido no passado.

 

e.  As categorias de base (Sub 15  e Sub 17 – M e F) continuam sofrendo rude golpe quando a CBB, unilateralmente, decidiu por não realizar os Campeonatos Brasileiros de todas as 3 Divisões e chancelou eventos particulares do Comitê Brasileiro de Clubes – CBC, que buscava apoio para justificar o uso de recursos públicos, como narrado no Relatório de 2017, e o fez com graves transgressões ao Estatuto da CBB, ao seu Regimento Geral, ao Regulamento de inscrição de Transferência de Atleta – RITA e violação à Constituição Federal quando se intrometeu indevidamente na organização de funcionamento das Federações filiadas, como entendemos, o que deu margem a recursos ao Poder Judiciário em busca de possíveis reparações.

 

02.  COMPETIÇÕES REALIZADAS 

       Todos os detalhes das competições realizadas estão inseridas nas 157 Notas Oficiais expedidas pela Federação ao longo do ano.

 

1)  III TORNEIO  “BENJAMIN MOREIRA DE SOUZA”

            Fase de classificação   Fase A

           Crossover   81 x 53  Sertões                     Náutico  72 x 71 Crossover

           All Stars      70 x 56  Gladiadores 2 

       

            Fase Quartas de Final

            Crossover       104 x 37  Assunção          Náutico         66 x 49  Stars/Fortaleza

            Gladiadores 1   57 x 52  Sertões              Relax             83 x 59  All Stars 

 

            Fase semifinal

            Crossover  77 x 58  Relax/Ideal Clube   Crossover     72 x 52  Relax/Ideal Clube 

            Náutico      59 x 40  Gladiadores 1           Náutico         80 x 67  Gladiadores 1

 

            Fase final       

            Crossover   91 x 58  Náutico                    Crossover     64 x 47 Náutico

 

           

                                                                                                                                   3                                                   

Proclamação de campeões

            Equipe campeã                                          Crossover

            Técnico campeão                                       Tancredo Menezes

            Jogadores campeões                    

            André Silva dos Santos                             Francisco Heric Santos da Silva

João Marcelo Oliveira Leitão                    José Idelson Ferreira da Silva     

            Lindemberg Nascimento Bernardo         Loreno Bastos Gonçalves de Araujo

            Luis Enrique de Moraes Porto                       Nicolas Braga Marques                    

            Pedro Sampaio Nunes Cavalcante        Raul Levi Frota Coelho                    

            Regis Leandro Monteiro                           Thiago Silveira Feijão                               

            Yuri Bezerra                          

 

Cestinhas de quadra (final)

Thiago Silva Paz                                        Náutico                     151

Matheus Anderson Rodrigues Bezerra Náutico                     143

Luis Enrique de Moraes Porto                 Crossover                 140

 

Cestinhas de 3 pontos (final)

Luis Enrique de Moraes Porto                 Crossover                   19

Matheus Anderson Rodrigues Bezerra Náutico                      16

Marilucio Gomes do Nascimento                        All Stars                      14

Rodrigo Santos Rosa da Silva                 Náutico                       13

Thiago Silva Paz                                        Náutico                       13

 

2)   LXVII CAMPEONATO CEARENSE ADULTO MASCULINO  SÉRIE A1 Especial

            Fase de classificação

            Crossover                 76 x 49  Time A2      Relax/Ideal Clube  60 x 39  Sertões 

            Relax/Ideal Clube  60 x 39  Sertões       Crossover                 83 x 59  Sertões 

            KLG/Fortaleza EC  95 x 52  Náutico      Relax/Ideal Clube  62 x 55  Time A2 

            KLG/Fortaleza EC  90 x 54  Sertões       Crossover                 59 x 44  Náutico 

            Náutico                     66 x 64  Sertões       KLG/Fortaleza EC   64 x 48  Crossover 

            Relax/ideal Clube  94 x 57  Náutico      Asb Sobral                60 x 51  Time A2 

            Asb Sobral                86 x 69  Sertões       KLG/Fortaleza       115 x 35  Time A2

            ASb Sobral               20 x 00  Apuiarés    Moradanovense      70 x 45  Sertões

            Moradanovense      70 x 56  Time A2      KLG/Fortaleza EC   51 x 39  Relax/Ideal

            Relax/Ideal Clube  63 x 53  Crossover  Time A2                     64 x 62  Náutico 

            Gladiadores              53 x 52  Náutico      Moradanovense      55 x 52  Relax/Ideal

KLG/Fortaleza EC   92 x 62  Asb Sob     Sertões                      20 x 00  Apuiarés

            Moradanovense      69 x 53  Náutico      Relax/Ideal Clube  52  x 49  Asb Sobral

            Crossover                 78 x 55 Gladiador    Time A2                     63 x 53  Gladiadores

            Asb Sobral                85 x 52  Náutico      Moradanovense      86 x 56  Gladiadores 

Moradanovense     85 x 69  Asb Sob     Sertões                      72 x 55  Gladiadores

            Relax/Ideal Clube  59 x 34  Gladiador   Moradanovense      90 x 73  Crossover

Time A2                     49 x 44  Sertões       Asb Sobral                71 x 58  Crossover 

            KLG/Fortaleza       113 x 35  Gladiador   KLG/Fortaleza EC   63 x 54  Moradavense 

 

            Quartas de final                  Chave A  

            KLG/Fortaleza EC  75 x 68  Náutico      KLG/Fortaleza EC   83 x 46  Náutico 

                                                                                                                                                            4                                       

Quartas de final                  Chave B  

Moradanovense      70 x 50  Sertões       Moradanovense   101 x 44  Sertões 

 

            Quartas de final                  Chave C  

Time A2                     55 x 52  Relax          Relax/Ideal Clube  75 x 48  Time A2

Relax/Ideal Clube  58 x 52  Time A2    

 

Quartas de final                  Chave D                  

Crossover              110 x 85  Asb Asb Sobral             75 x 68  Crossover

Crossover                65 x 52  Asb

 

Fase semifinal

Relax/Ideal Clube   63 x 51  Moradanovense 

Moradanovense      71 x 63  Relax/Ideal Clube

            Moradanovense      74 x 58  Relax/Ideal Clube 

Crossover                 55 x 48  KLG/Fortaleza EC 

KLG/Fortaleza          49 x 48  Crossover 

            KLG/Fortaleza          71 x 59  Crossover 

 

            Fase final

            Moradanovense      89 x 73  KLG/Fortaleza Esporte Clube

            KLG/Fortaleza EC   82 x 78  Moradanovense     

            KLG/Fortaleza EC   68 x 63  Moradanovense 

 

            Proclamação de campeões

            Equipe campeã                                           KLG Basketball

            Técnico campeão                                       Roberto Santos de Andrade

            Jogadores campeões                    

            Diego de Souza Gomes                            Emanuel Lacerda de Oliveira      

Evandro Ayres de Moura Neto                     Helder Paulo da Costa                     

Igor Ian dos Santos Garret da Silva        Jorge Henrique Alves Teles                    

José Lucas de Castro Lima                      Matheus Anderson Rodrigues Bezerra   

Pedro Sampaio Nunes Cavalcante        Raul Eduardo Macedo Campos Cavalcante   

Samir Suleiman Gaspar de Oliveira       Sebastião Emílio Ferreira Silva   

Tarcizio Dantas Rodrigues                                   Thalis Frederico Arruda Braga    

Thiago Coelho Leite Viana                     

 

            Cestinhas de quadra (final)

Ericson Vieira Thum                                  Relax/Ideal Clube               274 

            Evandro Ayres de Moura Neto                 KLG/Fortaleza EC               215

            Ener Lucas Moura                                     Moradanovense                  184

 

Cestinhas de 3 pontos mais destacados (final)

            José Lucas de Castro Lima                      KLG/Fortaleza EC               43

            Ener Lucas Moura                                     Moradanovense                  42

Ericson Vieira Thum                                  Relax/Ideal Clube               26 

Raimundo Sousa Lima Filho                   Moradanovense                  26

            José Sérgio Pinheiro Machado Filho     Time A2                                25

 

 

                                                                                                                                     5

3)   LXVII CAMPEONATO CEARENSE ADULTO MASCULINO  SÉRIE A1

     Fase de classificação

           All Stars                     61 x 60  DMB Jr.                  Relax 2            94 x 84  EBN 

            DMB                             66 x 53  DMB Jr                Iguatu              56 x 51  DMB Jr. 

Maracanaú                              66 x 56  Relax 2               Maracanaú      67 x 63  DMB 

All Stars                       81 x 38  EBN                     Maracanaú      60 x 51  EBN 

Relax 2                         52 x 48  DMB                    All Stars           55 x 49  DMB 

Maracanaú                              62 x 32  DMB Jr.               DMB Jr.           45 x 42  EBN 

            All Stars           63 x 59  Maracanaú         EBN                 56 x 51  DMB 

            DMB Jr.                        66 x 39  Relax 2               All Stars           81 x 66  Relax 2 

            Basq Cearense        144 x 27  DMB Jr.               EBN               112 x 60  Iguatu

            DMB                             93 x 66  Iguatu                 B Cearense     89 x 32  EBN 

Basq Cearense          69 x 37  Relax 2   B Cearense     94 x 43  All Stars 

     Basq Cearense         108 x 24  DMB                   B Cearense     93 x 32  Maracanaú 

 

     Fase Oitavas de final

            Chave B

            All Stars       63 x 50  DMB Jr.                               All Stars       70 x 38  DMB Jr. 

Chave C

Maracanaú  65 x 42  EBN                                    Maracanaú  70 x 64 EBN 

Chave D

Relax 2         60 x 54  DMB                                    Relax 2         64 x 54  DMB 

 

    Fase semifinal

     Basquete Cearense  101 x 49  Relax 2                         B Cearense  91 x 42  Relax 2 

     Maracanaú                  64 x 48  All Stars              Maracanaú   66 x 61  All Stars 

 

      Fase final

           Basquete Cearense   97 x 46  Maracanaú         B Cearense  69 x 63  Maracanaú 

 

            Proclamação de campeões

           Clube campeão                                           Associação de Basquete Cearense

Técnico                                                        José Lucas de Castro Lima

Jogadores campeões                    

Adley Bandeira Rodrigues Feitosa         Bruno Luiz Soares  Freitas                                   Davi Leite Botelho                                             Francisco Matheus Araujo Rodrigues  

Gabriel Fernandes de Albuquerque      Ian Vitor Lima Fontoura Cruz                     

João Gabriel Aguiar de Sá Roriz             Jamele Chaves Daniel                     

Pedro             Barros Leal Ribeiro Lobo               Rafael Augusto das N. Lassance Cunha 

Rafael Nobre Feitosa                                Raul Levi Frota Coelho                            

Regis Linhares de Aragão Rodrigues   Victor Gabriel de Castro Amaro      

Vinícius Matos Landim                                        

 

            Cestinhas de quadra (final)

            Gabriel Fernandes de Albuquerque      Basquete Cearense           227    

            Bruno Luiz Soares  Freitas                       Basquete Cearense           194

            Edmilson Oliveira Neto                              Relax 2                                 159

            Yuri Gabriel Timóteo Braz                         EBN                                       158

 

                                                                                                                                     6

            Cestinhas de 3 pontos (final)

Yuri Gabriel Timoteo Braz                         EBN                                       25

            Bruno Luiz Soares  Freitas                       Basquete Cearense                       24

            Gabriel Fernandes de Albuquerque      Basquete Cearense           24      

 

            Definição do último acesso à Série A1 Especial em 2020   

     All Stars  60 x 56  Relax 2 

 

4)   IV Torneio “Benjamin Moreira de Souza”

           Fase de classificação

           Relax/Ideal Clube    94 x 46  Relax 2                   Time A2             65 x 50  Sertões 

Pindoretama            62 x 58  All Stars                 Relax 2               57 x 51  Sertões

    Time A2                      82 x 50  Relax 2                   Relax                   84 x 56  All Stars

Relax/Ideal Clube               94 x 61  Sertões                   Pindoretama       68 x 57  Time A2 

       All Stars                    60 x 57  Relax                      Pindoretama       67 x 64  Relax

     Time A2                     75 x 61  All Stars                 Sertões                74 x 60  Asb Sobral 

Asb Sobral                63 x 55  Relax 2                   Sertões                58 x 57  All Stars 

Relax/Ideal Clube  81 x 66  Pindoretama         Pindoretama       61 x 57 Sertões 

Asb Sobral                81 x 45  All                           Time A2               52 x 48  Asb Sobral

Asb Sobral                71 x 59  Relax/Ideal                        Pindoretama       72 x 65  Asb Sobral

Time A2                     70 x 51  Relax/Ideal Clube 

 

A competição continuará em 2020.

 

5)   LIII Campeonato Cearense Infantil Masculino  (2004/2006)

      Fase de classificação

      RA Basketball   74 x 16  BJB Stars                      Maracanaú      52 x 37  BJB Stars 

RA Basketball   80 x 29  Maracanaú                  RA Basketball  95 x 37  BJB Stars 

Maracanaú        66 x 62  BJB Stars 

 

Fase final

RA 10   73 x 42  Maracanaú                     RA 10   76 x 39  Maracanaú  

 

Proclamação de campeões

Equipe campeã                                          RA10 Basketball

            Técnico campeão                                       Roberto Santos de Andrade

            Jogadores campeões                    

Arthur Brauna Alencar do Vale               Arthur Rolim Maranhão                             

Gabriel Magalhães Soares e Silva          Gabriel Trajano Sales Cajado     

Gerlucio Henrique Vieira Filho                João Pedro Alves Lima                          

Lucas Cabral Silveira                                Lucas de Castro Cavalcante Teixeira      

Luis Fernando Porto de Assis                  Mateus Botto Marques                           

Matheus Vasconcelos de Mac.Lima       Murillo Vernillo Donato                  

Paulo Sergio Dourado Arrais Filho         Pedro Cacau Pinheiro Paulino de Souza

Pedro Magalhães Soares e Silva                

 

 

 

                                                                                                                                                         7

            Cestinhas de quadra (final)

Mateus Botto Marques                              RA 10                        75

Gerlucio Henrique Vieira Filho                RA 10                        64

Ravel Nicolas Gomes Santiago               Maracanaú               61

 

Cestinhas de 3 pontos (final)

Luis Fernando Porto de Assis                 RA 10                        7

Davi Ângelo Batista Sampaio                  Maracanaú               7

 

 

03.  RECEITAS E DESPESAS NO EXERCÍCIO DE 2019

     Faz-se necessário reiterar as afirmações contidas nos relatórios anteriores quanto ao descaso das gestões da CBB no que se relaciona à sua omissão no sentido de fomentar o basquetebol no território nacional enquanto trata as suas filiadas com desprezo voluntário e enquanto não insere em seus projetos de captação de recursos qualquer tipo de suporte a ser aplicado nos Estados. Essa omissão é uma agressão ao desenvolvimento do basquetebol nacional no que se refere ao seu todo, desde às categorias de base. Os milhões recebidos da iniciativa privada e de empresas estatais nos últimos anos, particularmente a partir de janeiro de 2009 com o vultoso patrocínio da Eletrobrás, e que  chegaram aos Estados em migalhas, atestam o desprezo da CBB no trato com suas filiadas, que só são lembradas em épocas de eleições e quando novas “promessas” contidas em projetos falaciosos são absorvidas por representantes estaduais que se desejam seduzir pelos “milagres” que poderão acontecer.

 

     E a sobrevivência do basquetebol do Ceará ocorre:

 -  quando o próprio atleta contribui (“patrocina”) com sua pequena cota de R$ 5,00 (em cada jogo) ou paga a sua inscrição e/ou transferência;

 - quando a FCB não remunera seus Diretores, todos realizando trabalhos filantrópicos e

 - quando a FCB não dispondo de sede, não paga aluguel pois mantém seu “escritório” na residência do próprio Presidente, que arca com as despesas de luz, água e telefone.

 

     O que dizer mais ante tamanha realidade?

     Aguardar que um novo projeto messiânico surja com os próximos gestores da CBB e “salve a lavoura” via projetos falaciosos para contar com a maioria de votos do colegiado votante?

 

     Na verdade, repetimos, com bastante ênfase: desde a sua fun


Adelson Leite Julião

Presidente

Versão para impressão