Exclusões de Oficiais da FCB por participação em liga independente04/12/2018
Em grave ofensa às normas da CBB e FCB

EXCLUSÃO DE OFICIAIS DA FCB POR PARTICIPAÇÃO EM LIGA INDEPENDENTE

       Considerando

      1) o Art 6o do Regimento Geral da CBB

          “  São deveres de toda federação filiada:

 a) Reconhecer a Confederação como única dirigente do Basquetebol Nacional, respeitando, cumprindo e fazendo respeitar e cumprir entidades filiadas, suas leis, normas, regulamentos, decisões e regras desportivas;”

      2)  o Art. 69 do citado Regimento Geral

   “A Confederação terá um Quadro de Árbitros constituído por elementos devidamente habilitados para o exercício de arbitragem de partidas de basquetebol, com direitos e deveres constantes das leis em vigor na referida Confederação e de regulamentação própria, não possuindo qualquer vínculo empregatício com a entidade.“

     3)   ainda o Art. 70 do mesmo Regimento Geral

  “Todos os Árbitros em exercício nas federações e ligas deverão ser obrigatoriamente registrados na Confederação, desde que devidamente habilitados pelas respectivas federações filiadas e em pleno exercício nas mesmas ou nas ligas a elas vinculadas e que, além dos conhecimentos indispensáveis para a função, estejam também em condições de atuar como oficial de mesa:”

Expostas as normas e face ao exercício de arbitragem de partidas de basquetebol no Estado do Ceará, promovidas por liga independente não chancelada pela FCB, violando direitos e deveres da FCB e da CBB, decide-se

  1. por excluir da FCB o Oficial de Quadra (Árbitro) Ailton Vitorino Marques Categoria Regional  Registro CBB 1498/15 e a Oficial de Mesa (Mesária) Liliane do Nascimento Pinto .
  2. comunicar o fato à CBB para que o citado Árbitro tenha o seu registro anulado nacionalmente.
Voltar