Clubes filiados deverão comprovar as suas representatividades legais.31/08/2020
Na forma que dispõe o Código Civil.

Conforme está na NOTA OFICIAL 041/2020, datada de 24 de agosto, afirmou-se que a FCB tem por norte o estrito cumprimento das disposições legais, arrimada em seu Estatuto, seguindo os Princípios da Razoabilidade e Proporcionalidade, e que, visando a não prejudicar as filiadas, bem como também implementar maior representatividade e legitimidade ao pleito eleitoral que se aproximava, pelo prazo que perdurar as medidas legais e sanitárias de saúde pública-isolamento-distanciamento social em decorrência da pandemia pelo COVID-19, RESOLVEU considerar em condições de participar das Assembléias Gerais todos os clubes filiados que estejam com seus poderes legitimamente reconhecidos na presente conjuntura, excluindo portanto os que estão sem representatividade legal (vacância de poderes), que não serão beneficiados.

Desse modo, as filiadas (que ainda não o fizeram) deverão comprovar imediata e documentalmente que estão com seus poderes legitimamente reconhecidos, na forma que dispõe o Código Civil e como exigido pelo Estatuto da FCB.

 

Voltar